Casc’ de ferida

Sempre achei graça nessa expressão que os meus primos usam para se cumprimentar:

— Eaê, Casc’ de Ferida!

Assim, sem a vogal, uma palavra emendando na outra, quase sendo arrancada a ponta da casc’…

Nos últimos dias não me sai da mente a imagem: a democracia é uma casquinha na ferida da vida histórica.

E quem há de negar que ela é imprescindível à cicatrização?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s